Conheça um pouco sobre drenagem linfática e o uso do ultrassom nos tratamentos estéticos.

O uso do ultrassom nos tratamentos estéticos

Indicação: para combater a celulite e a redução de medidas, esse aparelho faz uma massagem profunda, drenando, estimulando a circulação e promovendo a tonificação muscular, além de firmar a pele.

O que é: É um tratamento não invasivo realizado por um equipamento com efeito de sucção e rolamento por vácuo nas zonas atingidas pela gordura localizada e celulite.

Como funciona: Suas ondas penetram de 3 a 4 cm de profundidade, agitam fortemente as partículas de água da região, que colidem com as células gordurosas provocando a sua eliminação.

Aplicação: Essa técnica pode ser aplicada em qualquer parte do corpo, sendo realizada por pequenos rolos que possuem um sistema de sucção na parte central do aparelho, que proporciona um relaxamento muscular, favorecendo a circulação local, aumentando a oxigenação do tecido e permitindo a eliminação das toxinas pelo organismo.

Sua maior aplicação é para o tratamento de gordura localizada e celulites graus I, II e III, com muito sucesso e resultados satisfatórios.

Resultado: Auxilia na redução de medidas e permite também uma rearbsorção do edema entre as células. Assim, além de fazer uma drenagem linfática, libera endorfina, fazendo com que o paciente tenha uma enorme sensação de conforto e bem estar.

Fonte: Estética Brasil

Saiba tudo sobre a drenagem linfática

A drenagem linfática melhora a celulite e reduz o inchaço. E o melhor: não dói

A drenagem linfática é uma técnica que utiliza a massagem manual para estimular o funcionamento do sistema linfático. Este sistema linfático exerce um papel importantíssimo no organismo, pois constitui uma via acessória pela qual os líquidos podem fluir dos espaços teciduais para o sangue, contribuindo desta forma para manter o equilíbrio e o metabolismo corpóreo.

O principal objetivo, portanto, da drenagem linfática é fazer com que toxinas e líquidos acumulados em excesso sejam eliminados. Por ser um método especializado e dependente da técnica e experiência do profissional, o ideal é que seja realizado por fisioterapeutas ou profissionais habilitados com conhecimentos de anatomia e fisiologia do sistema linfático.

O que é: A drenagem linfática é uma técnica de massagem que estimula e potencializa o bom funcionamento do sistema linfático. Com isso, toxinas e líquidos acumulados em excesso nos tecidos corporais, responsáveis por inchaços e agravantes de celulite, são eliminados. Ela dever ser realizada com diversos movimentos circulares, bastante precisos e bem suaves.

Benefícios da drenagem: A linfa, que circula nos vasos linfáticos, é o líquido responsável pela saída do excesso de água e resíduos metabólicos que ficam nos tecidos entre as células. A drenagem linfática tem por objetivo tornar todo esse processo mais eficaz, aumentando a oxigenação e estimulando a renovação das células. Este processo é de grande benefício para o organismo. Com a circulação sanguínea mais ativada, o corpo passa a não reter estas substâncias e o resultado é a melhora na vascularização, maior resistência imunológica do organismo e também melhora no contorno corporal.

Combate à gordura localizada e à celulite: A má alimentação, estresse, falta de atividade física, cigarro e alterações hormonais contribuem para o processo de retenção de líquidos, que acarreta má oxigenação do tecido e de todos os vasos, incluindo os linfáticos. Quando há problemas de circulação da linfa, a celulite tende a se instalar. A aplicação da drenagem linfática ajuda a diminuir a retenção de líquidos que geralmente está presente nestas áreas, consequentemente contribuindo para a redução da celulite. A massagem pode e deve ser associada a outros procedimentos estéticos e acompanhada de mudanças de hábitos de alimentação.

Fonte: site Vida e Equilíbrio


Deixe uma resposta